Produtos Babaçu Livre presentes na 18ª Agritec em Presidente Dutra-MA

Os produtos da marca Babaçu Livre de organizações produtivas sócias da Associação em Áreas de Assentamento no Estado do Maranhão (Assema), entre elas, Coopaesp,  Coppalj e AMTR participam da 18ª edição da Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do Sertão, realizada esta semana (07 a 09/08) no município de Presidente Dutra-MA.

A feira é realizada pelo Governo do Maranhão, sob a coordenação do Sistema de Agricultura Familiar, que reúne a SAF (Secretaria de Agricultura Familiar), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e o Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma),

Entre os produtos expostos na Feira estão óleo refinado de babaçu produzido pela Coppalj (Cooperativa de Pequenos (as) Produtores (as) Agroextrativistas do Lado do Junco-MA), o sabonete de babaçu produzido pela Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais de Lago do Junco e Lago dos Rodrigues-MA (AMTR), farinha de mesocarpo Coopaesp (Cooperativa de Produtores Agroextrativistas de Esperantinópolis-MA) e o Grupo Santana (São Luiz Gonzaga) com seus licores e compotas e frutas da região do Médio Mearim. Também são comercializados artesanato e bijuterias de babaçu.

O técnico do Programa de Comercialização Solidária da Assema, Ricardo Araújo afirma que a Agritec é um espaço muito importante para socializar conhecimentos entre os agricultores familiares e agroextrativistas e também para a divulgação do trabalho desenvolvido. Por esta razão, a Assema, juntamente com Coppalj, Coopaesp, AMTR, Grupo Santana e outros, participam do evento por entender que este é um evento para as famílias do campo e das florestas. “A Agritec, além de ser um espaço de intercâmbio de conhecimentos, é também uma oportunidade de para darmos visibilidade, comercializar e mostrar a diversidade dos nossos produtos, a partir desta riqueza natural que é o babaçu, e também reafirmar ainda mais nossa identidade enquanto homens do campo e que é possível uma agricultura sustentável”, avalia Ricardo Araújo.

Troca de experiências tecnológicas, incremento da produção local e geração de renda estão entre os objetivos da 18ª edição da Agritec, que reúne 27 cidades do sertão maranhense.

Compartilhe

deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/assemaor/public_html/wp-includes/functions.php on line 5279