Em meio à pandemia, desafios e conquistas da Assema em 2020

Melhorias estruturais de unidades produtivas dos produtos de babaçu (sabonete e sabão, azeite, artesanato) licores, mel, poupa de frutas, campanhas de ativismo pela não violência doméstica, acesso a política de garantia do preço mínimo para o babaçu (PGPMBio) medidas de biossegurança contra a Covid-19.

Em meio a tantos desafios impostos pela pandemia que desencadeou uma grave crise sanitária e econômica, além de uma crise ambiental, com muita fibra, a Associação em Áreas de Assentamento no Estado do Maranhão (Assema) conseguiu desenvolver várias ações de assessoramento e fortalecimento das famílias agroextrativistas e das organizações dos 19 municípios onde atua na Região do Médio Mearim, ao longo do ano de 2020. Foram muitos os aprendizados, o que mostrou também a capacidade de resiliência, continuando nossos trabalhos ainda mais fortalecidos neste ano de 2021 com respeito à sociodiversidade da nossa região e ao meio ambiente do nosso país.

“Um dos maiores desafios foi a adaptação do trabalho à distância por medidas de segurança. Suspendemos as atividades de campo temporariamente por conta da pandemia, mas continuamos as demais atividades sempre respeitando as regras de biossegurança, higiene e prevenção da Covid-19 com uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social. Ainda assim, a Assema não parou. Tivemos que nos reinventar para continuar o trabalho de apoio aos nossos associados (as)”, explica o coordenador geral da Assema, Francisco Germano de Sousa.

Uma das conquistas do trabalho realizado foi a estruturação das unidades de produção de flocos de mesocarpo da Cooperativa de Produtores Agroextrativistas de Esperantinópolis (COPPAESP). Foram reformados dois núcleos de extração do floco do mesocarpo nas comunidades de Lagoinha II e Palmeiral, visando dar melhores condições de trabalho para as mulheres.

Também receberam melhorias estruturais a fábrica de sabonete de babaçu da Associaçãode Mulheres Trabalhadoras Rurais de Lago do Junco e Lago dos Rodrigues (AMTR), localizada na comunidade de Ludovico, no município de Lago do Junco; a unidade de produção de licor e doces do Grupo de Mulheres de Santana, no município de São Luís Gonzaga. A unidade de produção de licor e doces recebeu uma reforma geral e ampliação de mais duas salas. Outra atividade importante com mulheres agroextrativistas foi a reestruturação da casa de azeite de babaçu da comunidade Centro do Coroatá, que é gestado pelas Mulheres Quebradeiras de Coco babaçu do município de Esperantinópolis

Além das melhorias estruturais das unidades de produção, a linha de produtos Babaçu Livre ganhou novos rótulos e embalagens modernas e mais atrativas, em sintonia com o comércio justo e solidário e o consumo consciente. As embalagens trazem uma trama lúdica e divertida em cores que contam a história de quem e onde produzem, como forma de valorizar as comunidades tradicionais do babaçu

A juventude também foi contemplada com as ações da Assema com apoio à Unidade de Produção de Artesanato de Babaçu na comunidade de Pau Santo, em Lago do Junco com insumos, equipamentos como motor esmeril e lixas para melhoria dos produtos,. A unidade pertence à Associação de Jovens Rurais (AJR). O Núcleo de Artesanato Rosalina Alves (NARA) foi todo reconstruído.

Ainda no contexto de 2020, a Assema buscou diferentes formas de ajudar as pessoas mais vulneráveis à pandemia. Com a ajuda de parceiros (Actionaid, Grassroot´s, DGM Brasil, PNUD/Projeto Bem Diverso, L’Oréal Brasil, Natura S/A),  foram distribuídos mais de 1300 kits com materiais de higiene e limpeza, além de máscaras e alimentos.  Foram muitos os entraves, mas também de muito aprendizado e resiliência, priorizando os direitos e objetivos de mudança comprometidos em promover a soberania e segurança alimentar e nutricional, contribuir para a educação contextualizada e combater às desigualdades de gênero e geração na região do Médio Mearim.

Doação de kits de higiene e limpeza e máscaras para as familias da campanha Amiguinhos da Assema

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

deixe seu comentário