Assema realizou pré-assembleia em Lago do Junco, Lima Campos, São Luíz Gonzaga e Esperantinópolis

A Associação em Áreas de Assentamentos no Estado do Maranhão (Assema) realizou,  no período de 21 a 24, de junho pré-assembleias nos municípios de Lago do Junco, Lima Campos, São Luíz Gonzaga e Esperantinópolis. O objetivo é indicar as pessoas para compor a nova diretoria para a gestão no biênio 2021 a 2023.

As pré-assembleias iniciaram no dia 21 no município de Lago do Junco. As reuniões foram realizadas obedecendo a todas as medidas preventivas de segurança dos participantes contra a Convid-19.

Entre os critérios para a composição da nova diretoria estão a representatividade regional e geográfica, ou seja, deve conter três representantes de cada articulação que compõem a área de abrangência da organização na região do Mearim Mearim, além do respeito à paridade de gênero e geração.

Além da representatividade por articulação, paridade de gênero e geração, a pessoa que deseja concorrer à vaga para integrar a diretoria da Assema não pode acumular cargo em outra organização, pois isso causa dificuldades de acompanhar a agenda institucional. “Um critério básico levado em consideração é que a pessoa que venha para a direção da Assema priorize a agenda institucional”, explica Valdener Miranda, gestor técnico da Assema.

Nas pré-assembleias também foi feita a escolha de um nome para participar da comissão eleitoral do pleito previsto para ocorrer em agosto deste ano.

Na ocasião, a diretoria da Assema também apresentou informes da avaliação do projeto APL Babaçu, financiado pelo Fundo Amazônia, entre outros dos projetos em atividade, e também discute a possibilidade de realizar a avaliação institucional de 10 anos da Assema.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

deixe seu comentário